Loading...

Nubank: minha primeira decepção com o roxinho

Por
11 de outubro de 2017
9 minutos de leitura
21 comentários

Quer um cartão de crédito sem tarifas? O Nubank, ou “roxinho”, como foi apelidado pelos seus usuários, pode ser uma ótima opção. Ou não…

Eu nunca fui consumista, muito menos amo meu cartão de crédito, mas confesso que desde que o Nubank chegou ao mercado, minha relação com “débito ou crédito” mudou.

O fato de ser um cartão sem anuidades e, além disso, todo bonito, me fez repensar minha experiência como consumidor.

Aliando zero taxas a um app de ótima interface, passei a utilizar o Nubank para controle financeiro e inclusive recomendei para milhares de nossos leitores que fizessem o mesmo nesse artigo.

Tenho certeza de você já tinha ouvido falar sobre essa startup brasileira que inovou em vários sentidos.

A Nubank surgiu no mercado com uma nova proposta interessante que tinha como destaque um cartão fácil de usar, com bom limite e sem cobrar nada além das suas compras.

O roxinho é emitido em bandeira MasterCard e pode ser usado internacionalmente. Maravilhoso, não é?

Bem, parece ser, mas precisamos falar do outro lado do Nubank: onde ele causa decepção.

Contando com uma fila de espera gigantesca, a empresa tem um índice muito elevado de reclamações por conta de reprovações e alterações no limite.

Foi por ver que não estou sozinho que decidi compartilhar o lado B do cartão e te contar minha experiência frustrante.

Será que ele é realmente a melhor opção em termos de cartão de crédito? Será que consegue atender a todas as suas necessidades?

Vamos responder essas perguntas no artigo de hoje. Continue lendo para entender:

nubank

Imagem: site Nubank

 

  • A fila de espera gigantesca para conseguir um cartão
  • Por que é tão difícil aumentar o crédito
  • As principais reclamações sobre Nubank 
  • Vale a pena um sistema todo automatizado?
  • Será que o Nubank é sua melhor opção?

 

Vamos nessa?

 

A fila de espera gigantesca


A startup surgiu em 2013, com uma proposta diferenciada dos cartões de crédito convencionais: zero tarifas e zero anuidade. Com isso, viu o número de interessados aumentar.

Lembro quando recebi meu cartão em 2015. Muita gente queria, poucos conseguiam. A situação hoje continua parecida e a fila de espera já passa de 500 mil pessoas.

O diferencial da empresa fez com que o produto se vendesse sozinho. Ao ser aceito pelo cartão, geram-se 10 convites que você pode enviar para seus amigos e conhecidos. Facilitando assim com que eles sejam aceitos.

Porém, muitas vezes isso não é suficiente para que o perfil seja aprovado. O número de reclamações por conta disso vem aumentando. Com ele, crescem os questionamentos do porquê o perfil não se adequar ao que a empresa analisa como positivo.

A análise de crédito do Nubank não é 100% aberta ao público, mas sabemos de algumas características principais.

A partir do nome e CPF, há uma coleta de dados de várias fontes disponíveis no mercado (como o Serasa), onde a empresa afirma existir milhares de variáveis relacionadas ao histórico de consumo, crédito e pagamentos do cliente em potencial.

A partir dessas informações, há um agrupamento dos clientes em perfis diferentes, que se resumem a três grupos, como na imagem a seguir:

 

nubank

Imagem: site Nubank

 

Perfis que se encaixam no primeiro grupo recebem o convite em até uma semana.

Os clientes que se encaixarem no segundo podem receber um convite nos próximos 90 dias, dependendo do resultado dos testes.

Já no terceiro, os perfis não receberam os convites, podendo pedir uma nova análise após 6 meses.

O problema é que muitas vezes não fica claro o motivo de alguém ter o pedido negado e, para piorar, quando comparamos alguns casos, não parece fazer sentido.

Um caso como esses foi relatado por um usuário:

  • “Percebi como Nubank valoriza quem não tem renda, vários amigos meus com nome sujo e desempregados conseguiram o cartão, eu que ganho 4 mil não consigo.”

Apesar de essa ser uma das maiores fontes de reclamações sobre o Nubank, quero compartilhar outro ponto que causa muita frustração entre os usuários e que foi minha maior decepção.

 

A dificuldade em aumentar o crédito


Você já percebeu que não é muito fácil ter o cartão em mãos, mas o problema mesmo surge depois.

Ao fazer a análise de crédito e emitir o cartão, ele chega na sua casa pelo correio e é desbloqueado pelo aplicativo no celular. Uma experiência impecável.

Com a averiguação que a empresa realiza para conceder o cartão, é disponibilizado um valor de limite de crédito que também varia de pessoa para pessoa.

Não posso reclamar, lembro que quando recebi meu cartão, meu limite era mais de 3 vezes maior do que no Santander.

Algumas vezes o limite aumenta de maneira gradual. Sem solicitação pelo cliente, de acordo com o que se observa do seu uso.

Você também pode fazer uma solicitação no app para aumentar seu limite. E é bem aí que mora o problema.

 

nubank

Imagem: Aplicativo Nubank

 

Sempre ouço casos de pessoas que haviam conseguido limites muito bons sem ter renda alta. E, com o passar do tempo, esses limites haviam sido aumentados sem nem ao menos serem solicitados pelos beneficiários.

Porém, com o crescimento no número de usuários, aumentaram os casos de pessoas que tiveram seu limite negado. Mesmo tendo o cartão há um bom tempo, pagando as faturas em dia ou até antecipando pagamentos.

 

Não estou sozinho… Há várias reclamações como essa


No site do ReclameAQUI, o Nubank possui 4.847 reclamações.

Grande parte delas (e as que mais contam com uma tréplica negativa de seus clientes) é sobre a alteração no limite de crédito. Poucos deles voltariam a fazer negócio com a empresa por conta desse erro.

Imagem: site Reclame Aqui

 

Depoimentos como esses a seguir lotam a pesquisa sobre o cartão:

  • “Estou há meses tentando um aumento de 200 reais na Nubank – meu limite atual é de 750 – e sempre recebo a mesma resposta genérica de recusa por parte da empresa. Já tentei todos os meios possíveis de solicitação de aumento: pelo app, geração de pagamento antecipado e pelo atendimento via chat. Estou em dia com a empresa, sempre paguei minhas faturas de forma antecipada e mesmo assim não consigo. Sempre tive em mente ter apenas um cartão para fazer o controle de minhas despesas, inclusive, estou apenas com a Nubank. Está sendo constrangedor ficar nessa briga de solicita aumento e recusa, solicita e recusa. ”
  • “Pago meu Nubank sempre antecipado, e costumo usar quase o limite todo, variando de mês para mês. Porém, mesmo assim eles não aumentam meu limite. Esperei os 40 dias para pedir um novo limite, porém não foi autorizado. A empresa incentiva o pagamento antecipado para que eles lhe deem mais limite, porém não é o que acontece. A partir de agora só vou pagar na data mesmo, já que não tem vantagem nenhuma pagar antecipado. Você precisa do crédito para comprar algo, mas não tem. ”

 

Engraçado que o primeiro relato poderia ter sido escrito por mim. É exatamente pelo que eu passei.

Há pouco tempo, precisei realizar uma compra na qual era necessário o pagamento grande à vista. Como já tinha utilizado o cartão naquele mês, o meu limite não era suficiente.

Só que eu precisava de um aumento de apenas 100 reais para fechar a compra. Essa compra era urgente, uma reserva de hotel para uma viagem.

Claramente, um caso extraordinário que foge do meu uso padrão. A surpresa, porém, veio quando tentei um aumento marginal no meu limite. Negado.

Achei estranho. Sou cliente há mais de 2 anos, pagando as faturas em dia, até antecipando algumas e controlando o nível de gastos.

Pela minha avaliação, não seria um problema conseguir um aumento.

O problema, porém, não foi ter o incremento negado. Foi, sim, perceber que o sistema é travado e não há participação de humanos no processo de concessão.

A resposta é sempre automática, padronizada, onde afirmam que trabalham com uma política de aumentos de crédito graduais, sempre embasados em avaliações constantes.

Me informaram que, quando é solicitado um aumento, avalia-se as relações que existem entre o quanto se costuma gastar por fatura em relação ao limite total que possui, o potencial de gastos futuros, o tempo que se é cliente e o risco relacionado ao novo limite.

 

nubank

Imagem: Gazeta do Povo

 

Ok, mas vale a pena um sistema todo automatizado?


Entendo perfeitamente o sistema, mas minha grande questão é a seguinte: se o app e o cartão se vendem como flexíveis, não deveria haver uma flexibilidade por parte da empresa em relação à análise dos clientes?

Não digo apenas baseado no meu caso, mas pelas outras inúmeras histórias que ouvi de pessoas que ficaram insatisfeitas com respostas que “não faziam sentido”.

Quando entrei no chat para tentar entender melhor, a atendente disse que não seria possível aumentar meu limite porque seria incompatível com meu histórico de uso.

Meu questionamento, então, é o seguinte:

Se eu (ou qualquer outro cliente) uso o cartão para controlar meus gastos, logicamente não vou usar todo o limite todos os meses.

Agora, em uma situação especial como de uma viagem para o exterior, em que gastos maiores pontuais serão feitos, seria necessário um novo limite.

Mas se esse limite é incompatível com o uso cotidiano, então é impossível usar o Nubank para viajar, por exemplo?

Ou seja, me parece que usar o roxinho para ter finanças controladas vai no caminho completamente oposto de usá-lo para grandes compras.

No final, isso tudo se resume a como a análise de crédito é feita e aí fica a pergunta: será que vale a pena ter todo esse processo automatizado?

nubank

Ou melhor, será que vale realmente a pena deixar de ter um cartão de um banco tradicional?

As vantagens de ter um cartão que você controla praticamente e somente por aplicativo são inúmeras.

Mas na hora de solicitar funções básicas como aumento de crédito, eles também têm uma resposta automática e justificam que o sistema é quem decide e analisa todas as informações necessárias para conceder esse crédito.

Já no banco convencional, é possível ter um contato mais personalizado e situações particulares podem ser resolvidas através de informações externas disponibilizadas pelo próprio usuário.

Principalmente quando se trata de exceções, como no caso de viagens, cursos, e quitações de dívidas.

 

O Nubank é a melhor ou pior opção?


Antes de concluir, quero deixar claro que gosto muito do cartão e de toda experiência que tenho com ele e com o app. Inclusive já falamos dos pontos positivos em outros artigos do blog, aqui e aqui.

Também sei que a análise de crédito não é trivial e entra no sistema de gerenciamento de riscos da empresa.

Assim, não teria sentido algum eu fazer um texto falando que o Nubank é a pior escolha em cartões de crédito.

Porém, com a experiência recente, eu concluí que mesmo que haja uma tecnologia toda automatizada que é atual e produtiva para os dias de hoje, ela não resolve todos os problemas.

Há a necessidade de um balanceamento. O cartão pode ser automatizado, sem anuidades, sem tarifas excessivas, mas também precisa ter uma opinião humana para tomar decisões que fogem ao padrão.

Por exemplo, a análise de dados alternativos como a apresentação do holerite ajudaria a comprovar a condição financeira do cliente e a consequente concessão de crédito adicional.

A decisão da máquina não deve ser a última palavra.

É frustrante saber que no final eu ainda preciso recorrer ao um bancão como Itaú ou Santander para poder realizar uma viagem. Mas essa parece ser a realidade no momento.

O Nubank é uma das startups mais interessantes que surgiu nos últimos anos, mas ainda precisa se desenvolver bastante para poder, de fato, substituir os cartões de crédito convencionais.

Na minha opinião, o ideal é que você tenha um cartão como o roxinho, mas mantenha um cartão adicional para situações especiais.

Espero que esse relato e as experiências de outros usuários ajude a empresa a melhorar sua operação.

E você teve alguma decepção com a rede de cartões? Comente aqui embaixo.

 

Grande abraço!

Sobre o Autor:

Engenheiro pela USP, com passagem pela New York University, Vinícius passou anos de sua carreira atuando como professor nas mais diversas áreas. Trouxe para o Investeaê seu background em didática e estruturação de conteúdos educacionais para ampliar a experiência dos leitores, alunos e assinantes do Investeaê. É o responsável principal pelo curso Ações Extraordinárias, produz análises para o relatório Premiere Stocks e escreve semanalmente a newsletter Fator M.
  • Luan Matos

    Talvez não tenha sido a intenção, mas a postagem soou um pouco como “pirraça” por não ter conseguido um aumento de limite.

    Vou deixar abaixo minha opinião sobre os pontos abordados:

    – Fila de espera grande: Considero normal, ainda mais se tratando de um produto que envolve um risco altíssimo para o emissor (Haja vista as altas taxas de inadimplência no Brasil);

    – Aumento de limite: É basicamente análise de risco. Você precisa construir histórico de pagamentos completos e sempre que possível comprovar (Pelo próprio App) que aumentou sua renda de modo que consegue suprir o pgto completo da fatura desse novo valor.

    Sobre a não participação humana no processo de concessão de crédito, é absolutamente normal. Toda instituição de crédito do mundo é assim.
    Quando o atendente do banco fala com você “vou liberar mais limite para o senhor” é pq o sistema estatístico totalmente automatizado já liberou isso anteriormente, ele clicou lá no botão (Assim como vc faz no app do Nubank).
    E vamos ser sinceros, nós investidores usamos de diversos processos automatizados para diminuir os riscos, então pq uma empresa não pode fazer o mesmo?

    Grande abraço!

    • Fala Luan, concordo com seus pontos.

      Sim, a fila de espera é normal e é um reflexo do sucesso do Nubank. Até por isso digo que não é o meu ponto pessoal de reclamação.

      Sobre o aumento de limite, também faz todo sentido usar histórico de pagamentos e análise via software. Meu ponto é que muitas vezes as decisões não fazem muito sentido (não só pelo meu caso como pelos outros relatos que eu escuto).

      Além disso, me incomoda um pouco a falta de versatilidade em receber inputs externos para a melhora da análise de crédito como um holerite. Fiz meu Nubank há mais de dois anos e meu salário informado lá no início para a criação do cartão é completamente diferente do que é agora. Pegue o caso do Score do Serasa. Eles fazem uma análise baseado no seu histórico disponível, mas há uma opção em que o usuário pode ativamente incluir outros dados para ajudar na análise e melhorar o seu score.

      Com isso, e quis deixar claro no final do texto, não quero de forma alguma dizer que o Nubank é ruim só pelo fato de não poder aumentar o limite. Longe de mim, porque gosto muito da empresa, mas:

      1. Precisamos reconhecer que eles têm uma capacidade operacional e de gestão de crédito mais limitada que um banco grande
      2. O fato de eu ativamente gerar um histórico de pagamentos controlados, por definição me impede de usar o cartão para compras maiores como em uma situação de viagem. Nesse caso me parece pouco útil ele ser internacional.

      Espero que tenha ficado mais claro o motivo do texto e valeu pelo comentário!
      Abração!

      • Luan Matos

        Fala meu velho! Tudo certo?

        Man, se vc for em “Minha conta” tem lá a opção “Atualizar renda mensal”. Nela vc pode colocar sua nova renda e tirar uma foto do holerite para comprová-la.

        Claro. Até pq são propostas diferentes de gestão entre o Nubank e um Itaú, por exemplo (Que tem diversos outros produtos para dissolver o custo do risco de concessão de crédito).

        A utilidade do uso internacional é relativo. Vai depender da relação entre comprometimento do limite com obrigações de longo prazo e limite. Mas entendo seu ponto.

        Espero que consiga o limite para a viagem.

        Grande abraço.

        • Valeu man!

          Mas conversando com o pessoal de lá, disseram que o uso do holerite para comprovar renda não estava implementado, então não serviria como input para justificar o aumento de limite. Vou verificar de novo.

          Sobre o limite pra viagem, ter mais de um cartão é sempre uma boa hehehe 😉

          • Luan Matos

            Entendi!!

            Eu imaginei que serviria já que eles tinham aberto essa opção de mudar a renda mensal e mandar a foto do holerite.

            Outro cartão sempre salva nessas horas. Principalmente se for uma viagem de última hora! Hahaha

            Abraço!!

      • Lucas Gomes

        Comigo todos pontos foram o contrario. Fiz o pedido ano passado e no msm dia foi aprovado. Com 3mil de limite dps td mes pedia pra aumentar 1mil reais e quase sempre conseguia. Hj tenho 13mil de limite. 4x maior q minha renda. Nunca tive nenhum problema com a nu bank melhor cartao do mercado 🙂 com minha namorada foi do msm jeito

        • Boa, Lucas! Valeu por compartilhar sua experiência.

          Eu continuo achando o Nubank o melhor cartão de crédito que há. Só que ainda busco esclarecer os casos que parecem não fazer sentido como os dos comentários que adicionei ao artigo aí em cima.

          Torço muito para a empresa seguir crescendo e melhorando o serviço.

          Abração!

          • Alan Nunes

            Vinícius Bazan, eu creio que o seu score não deve está favorável para a empresa analisar sua solicitação de aumento de crédito, peço que consulte seu score no site do Serasa Consumidor, pode ser que a cereja do bolo está ai,

      • Cássia Namekata

        Concordo. Fui ao meu banco físico e resolvi bem rápido o aumento do meu limite.

      • Thiago F. de Lima

        Não entendi a parte de atualizar a renda. No app há opção de informar e anexar o horelite. Eu mesmo fiz recentemente.

    • Cintia

      kkk top. amo meu roxinho kkk

  • Fabiano Martinelli

    Postagem fudida. Parece não ter conseguido o que queria com a empresa..

  • Jr. Malafaia

    Virei cliente do Nubank em julho de 2015. Fiquei sabendo ainda em 2014, no TecMundo, que essa empresa ia surgir em breve e passei a acompanhar tudo sobre.
    Quando foi liberado pra gente se candidatar eu preenchi o formulário online e aguardei. Não tive aquela indicação pra furar fila de ninguém. Entrei no peito e na raça!
    Comecei com 2 mil de limite. Meu vencimento era todo dia 10 e sempre paguei muito antes do vencimento, geralmente todo dia 1. Depois de 1 ano como cliente comecei a fazer tentativas de aumentar o limite e sempre foi negado. Aí, paralelamente ao Nubank, voltei a usar um Master do Santander que já tinha e estava encostado. O limite dele era 3 mil.
    Até que em abril desse ano o limite foi aumentando, espontaneamente pelo Nubank, para 2150 reais. Achei uma afronta e cancelei. Vc pagar 18 faturas TODAS antes do vencimento, sempre o valor integral, pedir aumento de limite várias vezes pra quando concederem ser um aumento de 150 reais.
    E o Master do Santander? Atualizando neste momento no app do banco, meu limite está em 8750 reais.
    Não sinto falta do Nubank e até hoje mantenho o app instalado pq ainda terei faturas até dezembro. E continuo pagando muito antes do vencimento, mas Nubank nunca mais…

  • Fernando Sampaio

    Tenho um Digio desde quando foi lançado e já aumentam umas 6x meu limite.
    O Nubank aumentou uma vez só. Nem uso mais.

  • Wesley

    Nubank é uma empresa muito superestimada, ganhou público e arrancou elogios só pelo fato de liberar cartão pra muita gente sem exigir comprovação de renda e sem burocracia. Mas qual a vantagem desse cartão além da anuidade zero? Não tem programa de recompensas (inventaram um recentemente que é uma porcaria), não tem parcerias com estabelecimentos, comércios e eventos de entretenimento, não tem possibilidade de pedir cartão adicional, não dá pra pagar contas por ele, não tem pagamento por NFC igual outros bancos, não tem avaliação emergencial de crédito para aprovar compras acima do limite, não permite saque na função crédito. Na minha opinião é um cartão medíocre. Claro que pra quem tem 18 anos e acaba de fazer um cartão de crédito sem ter renda é perfeito, mas nada de tão grandioso, é só um cartão gold sem anuidade com um aplicativo bacana, que ao meu ver, está igualado com o do Santander Way que faz as mesmas coisas que o app do Nubank (até mais). Até o momento o Nubank não lucra, eles só tem prejuízos, as pessoas não percebem que essa anuidade zero e liberação de crédito sem burocracia é uma tática temporária deles pra ganharem mercado e competirem com os grandes bancos, uma hora eles terão que começar a ganhar dinheiro e gerar lucro, é nesse momento que a casa cai, a anuidade vem e a facilidade acaba.

  • Walisson Cardoso

    Olá, Vinícius, tudo bem?

    Excelente texto!
    Apesar de o Nubank possuir milhares de evangelizadores, compartilho a mesma opinião que você. Eu sempre fui muito controlado com os gastos no cartão de crédito, isso termina refletindo no valor da fatura (sendo relativamente baixo para os padrões de consumo médio), desse modo, eles me liberaram um limite muito baixo e eu passei 1 ano pedindo um aumento de limite que nunca foi atendido. Sempre que eu queria realizar uma compra com alto agregado um pouco maior eu recebia a mesma resposta – fazer antecipação de fatura para liberar limite; porém, como isso iria ajudar em uma compra que ultrapassava até 4 vezes o próprio limite do cartão? Por fim, voltei ao cartão de crédito do banco em que sou cliente há muitos anos com um limite satisfatório e, melhor, fui isento de taxas e anuidade!. Depois disso parei de utilizar o Nubank, ele não foi vantajoso para mim.

    O Nubank é um excelente cartão para algumas pessoas, isso depende muito do perfil de cada consumidor.

  • Vinicius Mello Lima

    Liguei para a central uma vez para reclamar de ter aumento de limite negado e me perguntaram se eu antecipava pagamento, pois isso diminuía o valor da fatura.
    Percebam que quando se antecipa, dependendo do quanto você pagou, a fatura tem o valor zerado.
    Parei de antecipar e o meu limite foi sendo aumentado lentamente, mas pararam de negar aumento.

  • Brasileiro Headbanger

    Artigo totalmente tendencioso. Basta entrar no Reclame Aqui e ver que a/o Nubank possui 97% das reclamações atendidas (os 3% que restam pra totalizar 100 provavelmente são reclamações infundadas ou que através de uma simples lida no regulamento resolveria) e quase 85% solucionadas. Sobre o retorno do público, mais de 80% voltaria a fazer negócio. Pelo menos são os dados de hoje (27/12/2017).

    Sobre a demora na aprovação, se a pessoa não possui compras no seu CPF, não costuma pedir nota fiscal ou até mesmo nunca fez um crediário, como a empresa vai analisar o crédito? Sobre os que estão desempregados no momento, tal situação não significa que não possuam um bom histórico (além disso, podem ser bancados pelos pais ou pensão, sei lá). Já os que possuem o nome sujo, aí é um mistério. Vai ver, nesse caso a/o Nubank vise o ganho em cima do atraso no pagamento das faturas.

    Não bastasse isso, na minha opinião, quem deixa estourar o limite do crédito não deveria dar conselho sobre educação financeira. Quem realmente se organiza tem noção de que é sempre bom ter em mãos um cartão de débito/saque, quantia em dinheiro ou um segundo cartão de crédito pra momentos de emergência. No caso do hotel, sabe-se que a antecipação de parcela do valor da estadia é feita por depósito em conta corrente. Então a falta de limite não cabe aqui. Ainda que a reserva tenha sido feita no ato, vale o que falei antes sobre organização. Culpar o cartão por falta de controle nos gastos, acho que é um pouco demais.

    As pessoas acham que basta solicitar alteração do limite e num passe de mágica terão o que querem. O autor fala que usa o Nubank há dois anos, mas não fala quantas vezes fez tal pedido de aumento no valor. Pra quem apresenta uma descrição se dizendo engenheiro e não sei mais o que, não deve ser um problema apresentar comprovante de renda e solicitar logo um limite alto (se não me engano, acima de R$ 3 mil eles exigem comprovante). Ou então parar de miserê e solicitar um Black ou Infinite.

    • Oi, se você der uma lida nos outros artigos do nosso blog, verá que nenhum deles foi pensado para ser imparcial. São opiniões, não notícias. Expus minha experiência e sim, quis mostrar que nem tudo no Nubank é perfeito. Porém, sou tenho consciência da qualidade geral do serviço, como expus ao longo do artigo e também em outros artigos e vídeos em que falava da qualidade do Nubank, Nuconta, NuRewards, etc.

      Todos meus dados estavam ok e não, nunca estourei limite de cartão de crédito. Sempre fiz compras conscientes e planejadas e inclusive antecipo os pagamentos de faturas e parceiras. Agora, meu limite era bem abaixo da minha renda mensal. Não há nada de errado em solicitar um aumento, que ainda caiba na renda mensal, planejada, para uma viagem ao exterior, que claramente é algo externo a um orçamento mensal.

      E se você conhece o Airbnb, que foi o caso que gerou esse problema com o cartão, saberá que eu só posso pagar com 1 cartão de crédito o valor total.

      Obrigado pelo seu posicionamento, mas te convido a ler os outros conteúdos que produzimos antes de emitir uma opinião sobre se devemos ou não ensinar educação financeira. Fico muito feliz de ter ajudado mais de 80.000 pessoas nisso. Espero que você possa ser um deles também no futuro 😉

      Um abraço!

  • Salviano Lima

    no meu caso sempre q cheguei no limite do cartão, na fatura seguinte apos o pagamento em dias, o limite aumentou automatico, ja tive pedido de aumento negado pelo fato de ja ter pedido um aumento menor um pouco antes q foi concedido, recebi o cartão de primeira

    no app te um recurso de vc poder enviar comprovante de renda pra assum aumentar o credito, ja tentou isso? mas acredito q o problema esteja no score do Serasa que é meio confuso e as vezes deixa pessoas que tem um bom relacionamento com o mercado pelo score pequeno, ate pq o score leva em consideração ate local onde mora, no meu caso o score não passa de 700/1000, pedi pra algumas pessoas q tem dificuldades com o nubank verem o score, e normalmente tava em 400 pra 500, mesmo com contas em dia

    eu consegui subir meu limite ate 7500 e assim ja to podendo usar como unico cartão, mas antes disso cheguei a passar 2 vezes com limite quase estourado, e nunca atrasei fatura

    • Salviano Lima

      e meu score serasa ta baixando mesmo sem dividas ativas no meu nome